#36 – Jornalismo e privacidade

      Nenhum comentário em #36 – Jornalismo e privacidade

Informações vazadas. Conversas de whatsapp expostas ao público, uso indevido de imagens. Assuntos comuns em tempos em que as rede sociais estão cada vez mais presentes no dia-dia dos cidadãos. E como o jornalismo lida com isso? Os dilemas do jornalismo sobre a privacidade estão na pauta do Dialéticas desta semana. O programa debate os dilemas éticos do jornalismo e a privacidade a partir do artigo“Percepções de jornalistas brasileiros sobre privacidade“, de autoria de Rogério Chirstofoletti, professor do programa de Pós Graduação e em Jornalismo da Universidade Federal de Santa Catarina e um dos pesquisadores responsáveis do OBJETHOS – Observatório da Ética Jornalística, projeto de pesquisa também da UFSC

#35 – O método eleitoral dos Estados Unidos

      Nenhum comentário em #35 – O método eleitoral dos Estados Unidos

No trigésimo quinto episódio, a equipe do Dialéticas debate um tema relevante na atualidade: o colégio eleitoral americano e sua eficácia democrática. Fábio Jardelino modera o debate, a partir do texto “Electoral College bias and the 2020 presidential election”, publicado em setembro deste ano e escrito por Robert Erikson, Karl Sigman e Linan Yao.

#34 – Tributação ou condenação do capitalismo?

      Nenhum comentário em #34 – Tributação ou condenação do capitalismo?

Nesse episódio, o artigo debatido é o ‘The Starving State: why capitalism’s salvation depends on taxation”, de Joseph E. Stiglitz, Todd N. Tucker e Gabriel Zucman. No texto, os autores abordam a importância da tributação para a diminuição da desigualdade de renda. A partir de dados, o nobel da economia, em conjunto com seus colegas, demonstra que concentração de riquezas prejudica a economia e a própria democracia.

#31 – Ciência Aberta

      Nenhum comentário em #31 – Ciência Aberta

Os periódicos científicos surgiram há 350 anos como forma de acelerar a difusão do conhecimento científico. Em versão impressa, a pesquisa era árdua e condicionada a editoras. Devido a essa realidade, formou-se um oligopólio editorial, com editoras controladoras do mercado, tais como Taylor & Francis, Elsevier, dentre outras. A concentração do poder editorial na mão de poucas organizações fortaleceu também o polo científico dos Estados Unidos e Europeu e, ao mesmo tempo, encareceu o acesso a artigos científicos, sendo muitos comercializados a valores altos. Na contramão de tudo isso, surge o movimento da Open Science, ou Ciência Aberta, com vistas a promover mais democratização do conhecimento e, ao mesmo tempo, possibilitar o fortalecimento de outros países na difusão do conhecimento. Este é o tema do episódio de hoje.

#29 – As narrativas dos jogos digitais

      Nenhum comentário em #29 – As narrativas dos jogos digitais

Como um jogador de videogame consegue ficar concentrado durante horas jogando em um momento em que todos têm dificuldades em concentrar? O episódio #29 do dialéticas debate como dá-se a imersão nas narrativas dos jogos digitais. O artigo em debate intitula-se “Imersão em jogos narrativos de videogame”, publicado em 2014 na Revista Acadêmica Contracampo e de autoria dos pesquisadores da UERJ Gustavo Audi e Fátima Régis de Oliveira.

#28 – Representação social e opinião pública

Qual o papel da mídia nas representações sociais? Quais impactos os meios de comunicação possuem sobre as minorias, por exemplo? O episódio 28 do Dialéticas discute o tema a partir do artigo “O papel da mídia na difusão das representações sociais“, de autoria do pesquisador brasileiro Marcos Alexandre.